«

»

Mar 11 2015

Como lidar com fiscais de videogame

Já ta na hora das meninas que jogam adquirirem essa carteirinha aqui para melhor identificação

É só mostrar na hora que forem cobradas

Eu já zerei um jogo

Fica cobrando as moças de conhecerem a história dos jogos, mas só aprendeu tudo porque um cara falou no Youtube.

Arceus está vendo.

Arte: Camila Torrano

 

Posts Relacionados

1 comment

  1. Davi Albuquerque

    É aquela questão, a Danny ali disse uma coisa certa, é gamer quem quer, a própria pessoa se intitula assim. Todavia é necessário separar o gamer do poser, porque a ideia da tirinha é de alguém poser, me desculpe, mas pela lógica você joga algo porque gosta certo ? E como pode gostar de algo sem conhecer o básico ? No caso da tirinha, o cara é um babaca por ficar perguntando se a garota conhece a história ou não, e a garota mais babaca ainda se não souber, o que não fica claro. Independente de gênero, na minha opinião, é necessário o MINIMO de conhecimento em algo para nos denominarmos naquilo, ou seja, eu posso dizer que sou Cheff de cozinha por saber fritar um ovo ? Posso dizer que sou engenheiro por saber montar uma torre de lego ? Posso dizer que sou um hacker por descobrir uma senha de facebook ? Posso ! Mas serei um babaca por conta disso. Ninguém pode te proibir a jogar ou gostar de jogos, mas antes de sair usando uma camiseta de Basinga e se intitulando O Gamer, O nerd (até porque tem pessoas que levam isso a serio, do tipo sobreviver disso e gastar tempo e dinheiro investindo nesse “estilo de vida” para um retardado qualquer se dizer gamer por jogar super mario) aprenda o mínimo sobre o assunto ou sobre o jogo pra não passar vergonha.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>