«

»

Dec 10 2012

Próximo Assassin’s Creed pode ser ambientado no Brasil

Segundo o diretor da Ubisoft no Brasil, em entrevista para o site Techtudo, o próximo título da franquia Assassin’s Creed tem grandes chances de ser ambientado completamente no Brasil.  Essas são as próprias palavras dele:

“O time de desenvolvimento já possui diversas ideias sobre como construir um enredo baseado em um determinado momento da história do Brasil e que se encaixe perfeitamente na trama milenar entre assassinos e templários, mas até o momento nada está decidido.”

Vale lembrar que no último título, Assassin’s Creed III, Desmond, um dos protagonistas do jogo, tem uma rápida passagem pelo Brasil.

Pensando em tudo isso, o artista brasileiro Márcio Vieira, já ilustrou uma ideia de como poderia ser a nova protagonista do jogo:

Na minha opinião, a Guerra dos Farrapos é a que melhor se encaixaria em um contexto sem ficar muito tosco.

E ai, o que você acha de tudo isso? Será que teria como encaixar o Brasil como cenário principal em uma possível continuação da franquia?

 

Posts Relacionados

12 comments

Skip to comment form

  1. LikeACharizarD

    E a trilha sonora será?

    Funk, aliás, é cultura Brasileira
    Que ridículo seria, não?

  2. Nick

    Nunca joguei, mais acho que eles deveriam sair da questão florestas e tudo mais…A ditadura militar é um fato importante na nossa historia eles podiam abordar isso…
    O mais foda é que se vc for no Gamespot só da Brasileiro zuando do proprio país, tipo colocam lá no Google translate e metem a boca ….Lamentável

  3. Leonardo

    Acho que ficaria interessante se fosse no contexto da guerra do Paraguai, ia ficar legal 😀
    Ou ate mesmo sobre a revolução farroupilha e outros eventos que ocorreram antes do brasil se tornar um republica.

  4. Hezrom

    Como historiador creio que dois momentos seriam de extrema relevância para a ambientação do Assassins Creed.

    O primeiro diz respeito a “Revolta de Canudos”, já que durante esse período histórico entram em choque duas formas de governo contrárias, ou seja, Monarquia X República. Nela iriam “cair como luva” as participações de personagens históricos como Antônio Conselheiro, e seu ideal messiânico que iria contribuir significativamente com o enredo do jogo.
    E o segundo, também ambientado no atual Nordeste, seria por volta de 1930, com a ascensão do Cangaço, onde desde a proliferação da cultura de café no eixo sul do país, o norte (produtor de cana de açucar) entra em declínio, fazendo com que diversos conflitos sociais se desenrolem, em parte por causa da falta de assistência do Estado republicano e outra parte por causa do coronelismo.

  5. Felipe

    A revolução Farroupilha seria muito bom, encaixaria muito bem, uma vez que a República Rio-Grandense, bem como todo o conflito, foi comandado e arquitetado, pelo lado Farroupilha, por maçons declarados, como Cel. Bento Gonçalves e outros, ia ser muito legal, eu como gaúcho ficaria imensamente honrado. Porém, como o Hezrom falou, talvez seja mais fácil ser do cangaço mesmo, o que seria divertido também.

  6. Bou

    O que me deixa triste é ver que as pessoas falam muito mal do pais, logo agora que o mercado de games finalmente está apontando pra cá.
    Eu como gamer vejo uma chance muito boa do Brasil finalmente parar de ”Ouvir” e agora ”Falar”, se não for sonhar alto.
    Aqui no Brasil tem ótimos quadrinistas, e também não recebem o menor apoio do povo depois as pessoas vem falar mal do pais dizendo que a cultura é isso e sei lá quem é aquilo e fulano é aquilo outro.
    Abram os olhos e vejam que o mercado cresce no mundo todo menos aqui. por quê será?

  7. Pedro

    Tomara que não coloquem o personagem principal como um índio. Poxa vida os gringos acham q no Brasil só tem índio e mato. Ficaria legal colocar ambientado na época da colonização, até msm se quisessem fazer uma história super moderna dava p colocar na época da ditadura militar!

    1. Maria

      Há índios no Brasil! Qual o Problema?

  8. Pedro

    Tbm ficaria legal a inconfidência mineira, onde encontraríamos o famoso Tiradentes.

  9. Henrique

    se for indio nao vai ter a menor graça se for um indio aqui no brasil nao tem so mato,indio e animal aqui tem pessoas civilizadas se fizerem um assassin’s creed na Guerra dos farrapos nao pode ser mulher(pois elas eram desprezadas ate um pouco antes da ditadura e nao faria sentido uma associação de assassinos aceitarem ela)nem indio(pois isso reforçaria a ideia de que no Brasil so tem indio)

  10. Henrique

    tem que ser um escravo pois cultura brasileira e escravatura eu tenho honra de ser descendente de escravos negros

    1. Caio

      Têm que ter capoeira!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>